VisA?o geral e dicas de instalaAi??A?o do TFS

IntroduAi??A?o

Team Foundation Server Ai?? um conjunto de ferramentas integradas, que juntas compAi??e um hub de gerenciamento de ciclo de vida de aplicaAi??Ai??es. Com esse ambiente o time Ai?? capaz de gerenciar repositA?rios de cA?digo, processos de build, infra-estrutura de teste e deployment, promovendo a colaboraAi??A?o e oferecendo relatA?rios rA?pidos onde gerentes, desenvolvedores, stackholders podem acompanhar a evoluAi??A?o de seus projetos em termo de completude e qualidade.

Controle de versA?o

Image1

Planejamento A?gil e ColaboraAi??A?o

O TFS 2013 update 3, suporta atualmente dois sistemas de controle de versA?o, conceitualmente diferentes:

1.Team Foundation Server Control: Controle de versA?o centralizado, unica opAi??A?o atAi?? a versA?o 2012;
2.Git: Controle de versA?o descentralizado. Funciona com a limitaAi??A?o de nA?o ter Code Review. Essa Ai?? uma funcionalidade muito solicitada pela comunidade de desenvolvedores que esperam que ela seja disponibilizada no Update 4 do TFS 2013.

Planejamento A?gil e ColaboraAi??A?o

Image2

Durante a criaAi??A?o de Collections, que explicaremos mais adiante, o administrador do TFS pode selecionar o tipo de processo que serA? utilizado pelo time para o desenvolvimento da aplicaAi??A?o. Dentre esses processos estA?o Scrum, Agile e CMMI. O TFS oferece ainda quadros virtuais para colaboraAi??A?o online usando Scrum ou Kanban.

Build

Image3

O TFS oferece um ambiente de IntegraAi??A?o ContAi??nua no qual o time pode programar seus build diA?rios e acompanhar a cada checkin de cA?digo no repositA?rio a estabilidade do projeto.

Gerenciamento de Casos de Teste

Image4

RelatA?rios

Image5

InstalaAi??A?o e ConfiguraAi??A?o

O TFS oferece diversas opAi??Ai??es de configuraAi??A?o para sua instalaAi??A?o. O ambiente completo pode ser instalado em um A?nica mA?quina assim como distribuAi??do entre diversas mA?quinas interdependentes entre si.
NA?o vamos tratar aqui do passo a passo de instalaAi??A?o das ferramentas, uma vez que o Wizard de instalaAi??A?o do sistema Ai?? bem direto e fA?cil de ser seguido. Vamos focar essa seAi??A?o nos detalhes de configuraAi??A?o do ambiente.

Requisitos mAi??nimos de instalaAi??A?o

Sistema operacional
– Windows 7 SP1 (x86 and x64)
– Windows 8 (x86 and x64)
– Windows 8.1 (x86 and x64)
– Windows Server 2008 R2 SP1 (x64)
– Windows Server 2012 (x64)
– Windows Server 2012 R2 (x64)

Hardware Buy reminyl drug

– Processador de 1.6 GHz ou mais rA?pido
– 1 GB de RAM (1.5 GB se estiver rodando uma mA?quina virtual)
– 10 GB de espaAi??o em disco disponAi??vel
– 600 MB de espaAi??o em disco disponAi??vel para o language pack)
– 5400 RPM hard drive
– DirectX 9-capable video card running at 1024 x 768 or higher display resolution

Nota 1: Se seu time estiver desenvolvendo aplicaAi??Ai??es para Windows Phone 8.1 ou Windows Store o sistema operacional deve ser no mAi??nimo Windows 8.1(x64) ou Windows Server 2012 R2 (x64)
Nota 2: Se o ambiente estiver instalado em uma A?nica mA?quina a quantidade de memA?ria mAi??nima recomendA?vel Ai?? de 8 GB.

Microsoft SQL Server

O TFS pode trabalhar com qualquer ediAi??A?o do SQL Server, inclusive a versA?o Express. Na instalaAi??A?o utiliza nesse tutorial estamos utilizando o Microsoft SQL Server 2012 Business Intelligence Edition, uma das mais completas e que ao mesmo tempo nos permite obter relatA?rios avanAi??ados de inteligA?ncia de negA?cio a respeitos dos projetos hospedados no server.

ConfiguraAi??A?o de administradores do SQL Server

Essa configuraAi??A?o Ai?? necessA?ria para adiAi??A?o de administradores do TFS, em resumo, todo administrador do TFS deve ter acesso administrativo ao SQL Server TambAi??m. Para adicionar novos administradores conecte-se ao SQL Server Management Studio e nA?o seAi??A?o Security -> Logins, utilize o menu de contexto para criar um novo usuA?rio.

Image6

No diA?logo de novo login informe o username do novo login e o tipo de autenticaAi??A?o que pode ser:
* Windows Authentication: Permite que o usuA?rio se autentique utilizando o Active Directory da rede que se encontra, ou um usuA?rio local cadastrado na mA?quina que hospeda o SQL Server; ou,
* SQL Server Authentication: autenticaAi??A?o do SQL Server.

Image7

Em Server Roles. Selecione os perfis public e sysadmin. Em User Mapping, selecione os itens ReportServer, ReportServerTempDB, e todos os itens que comeAi??am com Tfs_. Finalize pressionando o botA?o ok.

InstalaAi??A?o e configuraAi??A?o do Team Foundation Server

A instalaAi??A?o do Team Foundation Server Ai?? dividida em duas etapas distintas: InstalaAi??A?o e configuraAi??A?o. Durante a fase de instalaAi??A?o, os componentes sA?o copiados para sua mA?quina/servidor. Durante a fase de configuraAi??A?o, vocA? decide quais componentes opcionais habilitar, quais contas serA?o usadas para conceder permissAi??es, qual instA?ncia do SQL Server usar, dentre outras configuraAi??Ai??es.
Para comeAi??ar a fase de instalaAi??A?o baixe o web installer ou carregue a mAi??dia de instalaAi??A?o do TFS e execute tfs_server.exe.

Na tela de prAi??-instalaAi??A?o, vocA? poderA? mudar o path de instalaAi??A?o e aceitar os termos da licenAi??a de uso do TFS. Uma vez que os termos forem aceitos, selecione Install Now. O programa de setup procederA? com a cA?pia dos arquivos necessA?rios para a sua mA?quina.
ApA?s a fase de instalaAi??A?o estA? completa, o Team Configuration Server Center serA? automaticamente iniciado. Se vocA? fechar essa ferramenta, vocA? poderA? sempre levanta-la novamente indo a Start Screen do Windows e escolhendo Team Foundation Server Administration Console. No console selecione o componente que deseja configurar (como Application Tier ou Build Configuration), e clique em Configure Installed Features.
Notas: Se estiver trabalhando em uma rede sob um domAi??nio Active Directory, o usuA?rio logado na mA?quina do Team Foundation Server deve possuir acesso administrativo ao SQL Server, supondo que este esteja instalado em uma mA?quina diferente.
O TFS oferece diversas opAi??Ai??es de instalaAi??A?o, vamos resumir abaixo o que significa cada uma delas:

Basic: O Wizard Basic Ai?? o meio mais rA?pido e fA?cil de ter o Team Foundation Server pronto e rodando para pequenos times. Ele habilita vocA? a usar o controle de versA?o, rastreamento de work items, gerenciamento de casos de teste, Lab management. No entanto, serviAi??os de relatA?rios e integraAi??A?o com o SharePoint. Esses dois componentes poderA?o ser adicionados posteriormente se vocA? estiver instalando o Team Foundation server em versA?o server do Windows. Com o Wizard Basic, vocA? pode usar uma instA?ncia existente do SQL Server ou deixar o Wizard instalar uma versA?o express pra vocA?.

Standard Single Server: Esse wizard assume que vocA? estA? instalando todas as funcionalidades do Team Foundation Server em uma A?nica mA?quina. VocA? nA?o deve utilizar essa opAi??A?o se vocA? quiser instalar o SharePoint e o SQL Server remotos.

Advanced: Funciona de forma semelhante ao Standard mas permite que vocA? configure instA?ncias remotas do SQL Server e SharePoint durante a instalaAi??A?o.

Aplication Tier Only: Aplication Tier Only permite instalar o Team Foundation Server em um ambiente de alta disponibilidade. Onde um administrador pode instalar mA?ltiplos nA?s do TFS para prover ambiente balanceado e seguro contra falhas.

Upgrade: Wizard A?til para upgrades de versAi??es mais antigas do Team Foundation Server.

Configure Team Foundation Proxy: Utilizado para configurar uma mA?quina como Team Foundation Server Proxy.

Configure Team Foundation Build Service: Permite configurar uma mA?quina como um build controller e/ou mais Build Agents.

Configure Extensions for SharePoint Products: Esse wizard Ai?? A?til se vocA? estiver planejando em configurar o Team Foundation Server para se integrar com o SharePoint rodando em uma mA?quina remota ou em um SharePoint Farm remoto.

Build Configuration

Durante a instalaAi??A?o padrA?o do Team Foundation Server o serviAi??o de build Ai?? configurado. O serviAi??o Ai?? criado com um Build Controller e um Build Agent, para enteder melhor como esses componentes se integram por favor observe a figura abaixo:

Image8

Um Team Project Collection Ai?? associado a um, e somente um, Build Controller. Esse componente Ai?? capaz de iniciar o para o serviAi??o de um ou mais Build Agents, que sA?o de fato as mA?quinas responsA?veis por executar o build. Ambos componentes podem estar instalados em mA?quinas diferentes. Em ambientes de produAi??A?o essa Ai?? a configuraAi??A?o recomendada. Aqui vale observar uma limitaAi??A?o existente do Team Foundation Server atAi?? a versA?o 2013 update 3, a mais recente na data em que esse artigo Ai?? escrito, uma organizaAi??A?o que necessite de vA?rios Team Project Collections distintos, precisarA? necessariamente de diversas mA?quinas como build controllers. A correAi??A?o dessa limitaAi??A?o Ai?? uma das features mais solicitadas a equipe do Team Foundation Server, uma vez que nada impediria, em termos de hardware e software uma mesma mA?quina hospedar diversos build controllers.

Para inicializar um build controller basta clicar em properties na seAi??A?o build services e preencher as credenciais, considerando que o TeamProjectCollection e o Build Controller estejam na mesma mA?quina (como em nossa instalaAi??A?o), a maioria dos campos jA? virA? preenchida restando apenas informar as credenciais na seAi??A?o Run the Service as:.

Image9

No caso de aplicaAi??Ai??es Windows Store e Windows Phone 8.1 Ai?? necessA?rio selecionar a opAi??A?o Run the Service Interactively e ativar uma licenAi??a de desenvolvedor (Developer License) gratuitamente. Vale ressaltar aqui a necessidade de conexA?o com Internet para esse passo. Muitas organizaAi??Ai??es nA?o permitem que servidores acessem a Internet. Se esse for o seu caso, verifique com o administrador de sua rede a liberaAi??A?o, nA?o hA? como configurar serviAi??o de proxy ou ativar a licenAi??a de forma off-line.

Uma vez que o Build Controller esteja configurado Ai?? hora de ver a configuraAi??A?o do Build Agent, ainda considerando que tudo esteja instalado na mesma mA?quina. Em geral nA?o hA? o que alterar no Build Agent, a nA?o ser que vocA? tenha interesse em alterar o path Working Directory, local onde o build agent faz o checkout dos arquivos para compilaAi??A?o e geraAi??A?o do build.

Image10

Na figura acima podemos observar o campo Tags. Esse campo Ai?? utilizado no Build Definition para identificar qual ou quais build Agents pode ser usados para geraAi??A?o do build.

Test Controllers e Test Agents

Assim como os Build Controllers e Build Agents, temos tambAi??m os Test Controllers e Test Agents para integraAi??A?o com o Test Manager. De forma anA?loga eles pode ser instalados a parte, na mesma mA?quina onde o Team Foundation Server se encontra ou em mA?quinas diferentes, sendo a segunda a forma recomendada para ambientes de produAi??A?o.

Image11 Buy aleve online Geriforte online shoes

Image12

Leave a comment

  • 0.0